Diocese
da Campanha

/
/
/
“Uns à escuta dos outros e todos à escuta do Espírito Santo”: o caminho sinodal começou em Roma e vai começar na Diocese da Campanha

“Uns à escuta dos outros e todos à escuta do Espírito Santo”: o caminho sinodal começou em Roma e vai começar na Diocese da Campanha

WhatsApp Image 2021-10-11 at 16.05.10

O Papa Francisco abriu, neste final de semana (09 e 10/11/2021), em Roma, os trabalhos da 16ª Assembleia Ordinária do Sínodo dos Bispos. A abertura constou de uma sessão de oração, testemunhos e reflexão na Sala nova do Sínodo, no Vaticano, na manhã do sábado e uma Celebração Eucarística na manhã deste domingo, na Basílica de São Pedro, ambas presididas pessoalmente pelo Papa Francisco e com a participação de representantes tanto da hierarquia como do laicato e da Vida Religiosa do mundo inteiro.

Por expresso desejo do Papa Francisco, esta assembleia acontecerá em três etapas:

1ª) nas dioceses de todo o mundo (de outubro de 2021 a março de 2022;

2ª) nos continentes (de setembro de 2022 a março de 2023) e

3ª) no Vaticano (em outubro de 2023).

Sínodo vem da junção de dois termos gregos, syn (reunião ou junção) e hodós (caminho). E significa caminhar juntos.

O Sínodo dos Bispos foi criado pelo papa São Paulo VI, em 15 de setembro de 1965, como organismo permanente de cooperação do episcopado mundial, nele representado, com o ministério e o magistério universal do Papa. O Papa Francisco, em 2018, com a Constituição Apostólica Episcopalis Communio, reformou o Sínodo dos Bispos, visto que a Igreja vive numa «nova etapa evangelizadora» (EG, 1), que lhe pede para se constituir num «“estado permanente de missão” em todas as regiões da terra» (EG, 25), o Sínodo dos Bispos é chamado, como qualquer outra instituição eclesial, a tornar-se progressivamente «um canal proporcionado mais à evangelização do mundo atual que à auto-preservação» (EG, 27).

Esta é a quinta assembleia do sínodo presidida pelo Papa Francisco. As duas primeiras (2014 e 2015) refletiram sobre a família e tiveram como fruto a Exortação Apostólica Amoris Laetitia (AL). A terceira (2018) abordou a questão dos jovens, a fé e o discernimento vocacional e logo depois o Papa publicou a Exortação Apostólica Christus Vivit (CV). A última, realizada em 2019, abordou o tema da Amazônia e gerou a Exortação Apostólica Querida Amazonia (QA).

Esta assembleia que ora se inicia traz como tema a própria sinodalidade: “Por uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão”.

No próximo fim de semana a abertura acontecerá em todas as dioceses do mundo e terá início a 1ª fase, na qual o Papa deseja que os 1,3 bilhão de católicos sejam ouvidos. Esta poderá ser a maior consulta pública da história da Igreja e provavelmente consolidará uma forma nova e ao mesmo tempo originária de ser Igreja, povo de Deus, uma vez que já nas origens do cristianismo as grandes assembleias reuniam não apenas a hierarquia, mas representações de todos os estados de vida, presentes na comunidade. Eram assim os sínodos de Cartago, presididos pelo bispo da mesma sede, São Cipriano, e que reunia os bispos, os representantes dos presbíteros, dos diáconos, das virgens e viúvas consagradas e dos fiéis leigos e leigas de todo o norte da África para anualmente discutirem questões pertinentes à vida da Igreja naquela região.

Na Diocese da Campanha, a celebração de abertura acontecerá nas missas dominicais de todas as paróquias e comunidades no próximo final de semana (16 e 17/10/2021), conforme já foi disponibilizado e distribuído para as esquipes de Liturgia e Celebração pela Equipe Diocesana de Animação Litúrgica.

 

Author picture

Compartilhar:

Categorias:

Diocese

Formações

Leia Também

Nos dias 12 a 14 de julho, aconteceu em Aparecida/SP, no Centro de Eventos Padre Vítor Coelho de Almeida, o 8º
Inúmeras vezes o magistério da Igreja reitera a importância da oração na família e recorda como os primeiros ensinamentos