Diocese
da Campanha

/
/
SACRAMENTO DA CRISMA É ADMINISTRADO NA PARÓQUIA NOSSA SENHORA D’AJUDA, EM TRÊS PONTAS

SACRAMENTO DA CRISMA É ADMINISTRADO NA PARÓQUIA NOSSA SENHORA D’AJUDA, EM TRÊS PONTAS

crisma dajuda 1Pela Confirmação, os cristãos, quer dizer, os que são ungidos, participam mais na missão de Jesus Cristo e na plenitude do Espírito Santo de que Ele está repleto, a fim de que toda a sua vida espalhe “o bom odor de Cristo” (cf. 2 Cor 2, 15). Por esta unção, o confirmando recebe “a marca”, o selo do Espírito Santo» (Catecismo, 1294-1295).

Neste último final de semana de julho, nos dias 28 e 29, na paróquia Nossa Senhora d’Ajuda, de Três Pontas, foi celebrada a Crisma de mais de 200 adolescentes, jovens e adultos, em Missas presididas pelo nosso bispo Dom Pedro Cunha Cruz, que também contaram com a presença do pároco Padre Ednaldo.

O Evangelho do 17o. Domingo do Tempo Comum que relata o milagre da multiplicação dos pães, forneceu a nosso bispo diocesano as bases para uma reflexão a respeito do compromisso que se estende à frente daqueles que receberam o Sacramento da Confirmação. De nada valeria a recepção de um Sacramento se o mesmo não servisse para melhorar nossa relação com Deus e com o próximo. Diante dos fatos da vida, não devemos ter medo de dar uma resposta afirmativa ao chamado de Deus, pois como ungidos precisamos desenvolver a consciência de que não estamos sozinhos na missão, uma vez que somos assistidos pelo Espírito Santo. A leitura do 2o. Livro dos Reis apresenta Eliseu como um homem de Deus, e Dom Pedro recordou o exemplo do Beato Padre Victor, que também ele, um homem que abraçou o projeto divino, teve a coragem de assumir sua vocação mesmo em face das provações e dificuldades. De fato, a confiança na Providência deve ser característica do cristão, na certeza de receber o alimento necessário para a caminhada.

Enfatizando a importância que o Pão da Palavra e o Pão Eucarístico têm na vida do católico, Dom Pedro indicou que a via para não desviarmos do itinerário é permanecermos unidos a este Corpo Místico que é a Santa Igreja, Mãe da qual não devemos nos envergonhar. Somente assim poderemos verdadeiramente ser sal da terra e luz do mundo.

Que a Santíssima Virgem Maria, sob o título de Senhora d’Ajuda, abençoe a todos os que colaboraram no processo de iniciação à vida cristã desses jovens e adultos, na alegria de vislumbrar os frutos que Deus, através deles, espalhará pelo mundo.

Rodrigo Fernandez Peret Diniz – Pastoral Catequética

Author picture

Compartilhar:

Categorias:

Diocese

Formações

Leia Também

Nós, das Equipes de Nossa Senhora do Setor B de Três Corações/MG, participamos entre os dias 15 a 20