Diocese
da Campanha

/
/
NOVENA E FESTA PELO 114° ANIVERSÁRIO DE MORTE DO BEATO PADRE VICTOR É CELEBRADA EM TRÊS PONTAS – MG

NOVENA E FESTA PELO 114° ANIVERSÁRIO DE MORTE DO BEATO PADRE VICTOR É CELEBRADA EM TRÊS PONTAS – MG

Pe. Victor 27Sob as bênçãos de Deus e a luz do Santo Espírito, na alegria, no amor e na fé, celebramos a Novena e a Festa do Beato Padre Victor, rogando ao Pai pela canonização de nosso Anjo Tutelar.

De 14 a 23 de setembro, nossa Paróquia de Nossa Senhora D’Ajuda, nossa cidade de Três e nossa Diocese da Campanha viveram momentos especiais, quando se realizaram a sagrada novena e a festa, em honra ao nosso Anjo Tutelar pelo seu 114° aniversário de morte. Foram dias de intensa oração, manifestação de fé e de muita bênção.

Neste Ano Extraordinário Missionário, em que o Papa Francisco nos pede que renovemos e fortaleçamos nossa fé e nosso ardor missionário, numa conscientização intensa sobre nosso agir como “Batizados e Enviados”, vivenciamos um tempo especial da graça de Deus refletindo o tema “A missão do Beato Padre Victor, homem da Igreja, fiel testemunha de Jesus Cristo”.

Antecedendo a novena, no dia 13, após Celebração Eucarística, às 18 horas, no Carmelo São José, uma carreata percorreu ruas e avenidas, tendo à frente um carro aberto que trazia a Imagem e a Relíquia do Beato, com a qual Cônego Douglas abençoava os lares e fiéis que aguardavam ansiosos para aplaudir o tão amado padre trespontano-campanhense. Ao chegar à Matriz d’Ajuda, bênção dos veículos.

De 14 a 22, procissões diárias na madrugada, seguidas de missa. Celebrações também às 15 e 19 horas. Grande participação de fiéis-devotos, como também no dia 23. Ouvidos atentos, olhos lacrimejantes, corações abertos à escuta da Palavra, na comunhão com o Senhor. Foram dias especiais em que paroquianos, romeiros e peregrinos, devotos do Beato Padre Victor prostraram-se em adoração e louvor ao Pai, agradecendo pela presença desse “Anjo protetor” em suas vidas. A fé, a devoção e a confiança na intercessão do Beato estavam expressas no semblante de cada fiel, de cada devoto diante da Relíquia e da Imagem, pedindo graças, agradecendo.

Que belo testemunho da assembleia que, numa fé ardente, elevava sua voz para louvar o Pai pela vida, pelo testemunho do Beato. Rostos cansados, alegres, cantavam sua fé, sua devoção.

A presença e a participação de todos e de cada um fizeram da novena um grande marco na vida de nossa Igreja.

Grande bênção, também, foi o número de pessoas que se aproximaram do Sacramento da Confissão. Em vários momentos, seis a sete padres atendiam simultaneamente.

Entre os milhares de romeiros, enriqueceu a festa do Beato a presença – em celebrações nos dias 22 e 23 – de aproximadamente 45 seminaristas de nossa Diocese. Ficamos felizes com a presença de nossos futuros pastores.

Durante os 10 dias, sacerdotes de nossa Diocese – muitos com sua equipe celebrativa – e, também, alguns diáconos, todos na disponibilidade e no serviço, contribuíram, com brilhantismo, na realização da novena e festa de nosso Beato.

No dia 22, após a Procissão Luminosa, encerrou-se a Novena com a Celebração Eucarística às 20 horas, presidida pelo querido pastor, nosso Bispo diocesano, Dom Pedro Cunha Cruz. Foi também presidida por ele a Missa Solene das 10h30, no dia 23, quando deixou gravada em nossa mente: “Nosso Beato era um servo da Igreja, num amor incondicional”.

Rezamos, todos os dias, em todos os horários, unidos a muitas pessoas que, não podendo estar presentes fisicamente, estiveram conosco espiritualmente: milhares de pessoas de nosso município, da Diocese, do Brasil e mesmo do exterior acompanharam, ao vivo, as Celebrações Eucarísticas através do YouTube e Facebook.

Agradecemos a nosso pároco, Cônego José Douglas Baroni, e ao vigário, padre Ivan de Souza Carvalho pelo imenso amor e por tanta dedicação!

Agradecidos a todos e por tudo, esperamos que o testemunho de fé vivido nesses dias e a graça derramada sobre nós perdurem para sempre.

A exemplo de nosso “Anjo Tutelar”, sejamos fiéis ao papel de batizados e de enviados em missão, vivendo de modo coerente com o amor do Pai. Que o testemunho do Bem-aventurado nos inspire o desejo de viver mais intensamente nosso Batismo e nos conduza à conversão.

Deus nos abençoe!

Beato Padre Victor, rogai por nós!

Iracy Dixini Tempesta Mesquita – PasCom da Paróquia Nossa Senhora D’Ajuda – Três Pontas/MG

Author picture

Compartilhar:

Categorias:

Diocese

Formações

Leia Também

Entre os dias 15 e 18 de julho aconteceu em Belo Horizonte/MG, o 7° Encontro de Formação Litúrgica para