Diocese
da Campanha

/
/
DOM PEDRO PRESIDE O 7º DIA DA NOVENA DA SERVA DE DEUS MADRE TEREZA MARGARIDA – “NOSSA MÃE”

DOM PEDRO PRESIDE O 7º DIA DA NOVENA DA SERVA DE DEUS MADRE TEREZA MARGARIDA – “NOSSA MÃE”

7-DIA  45Na noite de 11 de novembro, os devotos da Serva de Deus Madre Tereza Margarida do Coração de Maria – Nossa Mãe, reuniram-se na Capela do Carmelo São José, em Três Pontas, para participarem da Santa Missa, no 7º dia da Novena pela sua Beatificação. A missa foi presidida pelo nosso Bispo Dom Pedro Cunha Cruz e concelebrada pelo Padre Wendel Rezende.

Dom Pedro em sua homilia, comentando as leituras do 32º Domingo Comum, destacou dois temas: o fim e a sabedoria. Na 1ª. Leitura (Sb 6,12-16), o sábio é aquele que tem a capacidade de discernir o que é de Deus e o que não é de Deus nesta vida. As virgens previdentes do Evangelho (Mt 25,1-13), souberam discernir não somente as coisas  de Deus, mas o tempo de Deus. E só consegue discernir o tempo de Deus, aquele que busca e se preenche d’Ele. A prudência vem do cultivo da Sabedoria. Nós não estamos preocupados com o fim. Para nós não será um momento triste e desolador, mas um momento de alegria, como uma noiva que se encontra com o seu noivo e os dois vão celebrar a alegria do amor. Assim é a imagem nupcial do evangelho. 

A Igreja nos prepara para a segunda vinda do Senhor. Não sabemos nem o dia, nem a hora. Temos que vigiar. Vigiar e orar. Vigilância constante. Nós cremos na vida eterna e não só na imortalidade (1Ts 4,13-18). A imortalidade desemboca no encontro com o Senhor. O encontro definitivo. Nossa Senhora nos dá a receita da santidade: “Fazei tudo o que Ele vos disser”.  Estamos encerrando o Ano Mariano. Nossa Mãe, quis trazer em seu nome: Tereza Margarida do Coração de Maria. E o seu pensamento tão belo e profundo: “Mãe, que o vosso Coração seja o lugar de união entre Jesus e Tereza Margarida”.  Toda pessoa sábia deve ter no centro de sua espiritualidade essa devoção a Nossa Senhora. Não há santo que não tenha essa devoção especial a Nossa Senhora. Nossa Mãe foi uma pessoa sábia. Viveu atenta aos sinais dos tempos, sobretudo durante o Concílio Vaticano II. Soube viver com equilibrio as mudanças da Igreja e do mundo e soube tão bem aconselhar e acolher com um sorriso as pessoas que se aproximavam do Carmelo.

Dom Pedro concedeu os ministérios de leitorato e acolitato, aos candidatos ao Diaconato Permanente, respectivamente a Nardeli Martins e Marcelo Dantas. O Rito realizou-se após o Credo. Estando presente seus familiares e amigos. 

Após a celebração a DTTV, que também estava transmitindo a Santa Missa, entrevistou Dom Pedro. Falou-nos um pouco sobre a fase atual do Processo de Beatificação da Serva de Deus destacando algumas de suas virtudes, dentre as quais: obediência, serenidade, equilibrio,  sua entrega a Deus, sua capacidade de aconselhar e acolher as pessoas que a procuravam.

Agradecemos ao nosso Bispo Dom Pedro, aos Padres de nossa Diocese, e a todos os devotos da Serva de Deus Madre Tereza Margarida, “Nossa Mãe”, que tanto nos têm apoiado na sua Causa de Beatificação.

Irmã Maria Elisabeth da Trinda, OCD 

Author picture

Compartilhar:

Categorias:

Diocese

Formações

Leia Também

https://www.facebook.com/share/p/HjPuaeUp3LorxymX/  
Inúmeras vezes o magistério da Igreja reitera a importância da oração na família e recorda como os primeiros ensinamentos