Diocese
da Campanha

/
/
/
COMUNIDADE DOS FOCOLARES SUL DE MINAS REALIZA A 2°EDIÇÃO DO FOCOLARE TEMPORÁRIO

COMUNIDADE DOS FOCOLARES SUL DE MINAS REALIZA A 2°EDIÇÃO DO FOCOLARE TEMPORÁRIO

capaEntre os dias 21 a 23 de julho, aconteceu no Centro Diocesano de Pastoral, em Três Corações/MG, a 2°edição do Focolare Temporário que é um encontro realizado por várias vocações do Movimento dos Focolares, que busca viver o amor recíproco e a fraternidade universal. Nessa edição do Focolare Temporário estavam presentes focolarinos, focolarinas, aderentes de diversas cidades, a saber: Belo Horizonte, Divinópolis, Lavras, Poços de Caldas, Três Pontas, Varginha, Três Corações, São Lourenço, Ilicínea e Alfenas.

Com base no tema “Vocação e Missão” – e o lema “Corações Ardentes, pés a caminho” (cf. Lc 24, 32-33), proposto pelo 3°Ano Vocacional do Brasil (2023) e do convite feito no Documento Final da Assembleia Geral do Movimento dos Focolares (2021) para irmos ao encontro das pessoas com o intuito de vivermos um “Focolare Juntos” e ser uma única família, fomos convidados a refletir no Focolare Temporário o seguinte tema: “Oração, Cuidado e Missão: reconstruindo a nossa Emaús”.

No primeiro dia do encontro, realizamos um momento oracional com orações, músicas e, em seguida, assistimos o filme “O Amor Vence Tudo”, um filme que nos conta o nascimento do Movimento dos Focolares que se iniciou em Trento, na Itália, em 1943, através da jovem fundadora Chiara Lubich (1920-2008) e suas companheiras, que encontraram no Evangelho a força para enfrentar o período da Segunda Guerra Mundial. Diante desse contexto de guerra, elas se perguntavam: “existe algum Ideal que não passa, que as bombas não podem destruir? E em cada trecho do Evangelho lido no meio dos escombros, elas fizeram uma descoberta: sim, existe e é Deus”. Essa programação inicial nos iluminaram acerca da importância de vivermos a “Espiritualidade do Nós” que se realiza ao caminhar com Jesus em meio, bem como nos impulsiona a melhorar sempre, a recomeçar, a habituar-se com as coisas divinas, a viver uma espiritualidade coletiva alicerçada pela palavra de vida do Evangelho: “Ama o teu próximo como a ti mesmo” (Mt 19,19).

Já no segundo dia do encontro, iniciamos, pela manhã com a Santa Missa presidida pelo Revmo. Pe José Honório (Assessor do Movimento dos Focolares na Diocese). Na homilia, fomos interpelados, a exemplo de Maria Madalena, a testemunhar Jesus Cristo ressuscitado através de nossa vida. Nessa seara, tivemos uma reflexão acerca do 3°Ano Vocacional e a Vocação ao Movimento dos Focolares, que nos fez perceber a importância de criar uma cultura vocacional, cultura essa que busca melhorar no amor a Deus e ao próximo, que exige melhorar na vivência da Palavra, na vida de Oração e que entenda a importância de progredir na vida espiritual. Uma cultura vocacional que nos entusiasme a cada vez mais, diz Chiara Lubich: “experimentar com os sentidos da alma a união com Deus, [e para isso] há uma única estrada para nós: amar os irmãos, decidir amar os irmãos. É assim: quanto mais cresce o amor pelos irmãos, mais somos arrebatados na união com Deus, mais Deus se torna presente”.

Após essa manhã de reflexão, pela tarde exercemos a missionariedade, na qual estivemos presentes na Comunidade Nossa Senhora Rainha da Paz, conhecida como COTA, como forma de vivermos um “Focolare em saída” que busca colocar em prática o diálogo, a amorosidade, a partilha e, principalmente, a unidade. Além dessa atividade, realizamos uma visita ao Revmo. Pe Fábio (Assessor da Juventude da Diocese da Campanha). Nessa visita foi possível estabelecer um diálogo entre o Movimento dos Focolares e o Setor da Juventude da Diocese e, ainda, apresentar ao Pe sobre a espiritualidade dos Focolares, bem como foi um momento de iniciar os preparativos para a caminhada rumo ao Genfest que é um evento juvenil, a nível internacional dos Focolares, realizado a cada seis anos, reunindo vários jovens de diversas religiões, etnias e culturas diferentes. Em 2024, o Genfest acontecerá pela 1°vez no Brasil, na cidade de Aparecida/SP, entre os dias 19 e 24 de julho, com o tema “Juntos para Cuidar”. Mais informações sobre o Genfest podem ser acessadas nesse site: https://genfest.org/. Motivados para o Genfest no Focolare Temporário os adolescentes do Movimento Juvenil pela Unidade que estavam presentes realizaram o plantio de mudas de acerola como forma de colocar em prática uma das temáticas do Genfest que busca uma “conversão ecológica”, isto é, o cuidado da nossa casa comum.

No terceiro dia do Focolare Temporário, fomos iluminados pela temática da Oração a partir de uma meditação do Pe Pasquale Foresi (1929-2015) que foi o primeiro focolarino sacerdote, cofundador da obra, que nos lembra que “a vida de oração, em sua essência, consiste em manter essa relação filial e fraterna com Jesus durante todo o dia e todos os dias. A oração é um relacionamento com Ele e uma silenciosa escuta do que Ele nos diz”. Além dessa reflexão, no Focolare Temporário, tivemos a oportunidade de viver a arte do diálogo e do encontro, através de canções do movimento, diversos relatos de experiências, bem como nos permitiu reacender a chama do ideal da Unidade na Comunidade Focolares do Sul de Minas.

Iluminados por esse Ideal encerramos o Focolare Temporário com “os corações ardentes e os pés a caminho” para continuarmos colocando em prática o ensinamento do Evangelho “que todos sejam um” (Jo 17,21), conforme nos diz Chiara Lubich: “foi para estas palavras que nós nascemos, para a Unidade, para ajudar a realizá-la no mundo”.
Sigamos em Unidade e que a Serva de Deus Chiara Lubich, interceda por nós!

Jefferson da Costa Moreira
Seminarista da Etapa Discipular
Membro da Comunidade Focolares Sul de Minas

Author picture

Compartilhar:

Categorias:

Diocese

Formações

Leia Também

Nos dias 12 a 14 de julho, aconteceu em Aparecida/SP, no Centro de Eventos Padre Vítor Coelho de Almeida, o 8º
Inúmeras vezes o magistério da Igreja reitera a importância da oração na família e recorda como os primeiros ensinamentos