Diocese
da Campanha

/
/
/
30 ANOS DA PRESENÇA DO MOVIMENTO DE SCHOENSTATT EM NATÉRCIA

30 ANOS DA PRESENÇA DO MOVIMENTO DE SCHOENSTATT EM NATÉRCIA

capaA Mãe e Rainha é a grande discípula e missionária, por isso somos chamados e impulsionados a sair logo de manhã do conforto de nossas casas, para assumir e abraçar a nossa missão!

Coordenadores, missionários e famílias da Forania Nossa Senhora das Fontes e das cidades de Três Pontas, Conceição das Pedras e Cambuquira, participaram do encontro de formação em Natércia-MG conduzido pelas Irmãs de Maria: Ir. M. Gislaine Lourenço e Ir. M. Márcia Maria Gusmão, do Secretariado da Campanha da Mãe Peregrina, de Atibaia/SP.

A formação teve início às 09h, na Igreja Matriz Santa Catarina de Alexandria, onde a Ir. M. Márcia conduziu a oração de acolhida dos representantes de cada cidade. Em seguida, ministrou uma palestra sobre a importância de ser missionário da Campanha da Mãe Peregrina, seguindo o exemplo de João Luiz Pozzobon: “Por que levamos a Mãe de Deus aos Lares? Levamos a Imagem da Mãe de Deus porque ela é a primeira discípula missionária e através dela nossos lares deverão se tornar pequenos santuários e ao mesmo tempo, visa proporcionar o encontro da Mãe com os seus filhos, pois encontrar-se com Maria significa encontra-se com o Cristo”.

Em seguida, Ir. M. Gislaine Lourenço conduziu um Momento Eucarístico e após o almoço, participaram de uma palestra sobre a importância do Ano João Pozzobon, incentivando os estudos com as trinta famílias que são confiadas a cada missionário. “A Campanha da Mãe Peregrina da qual fazemos parte é trabalho de evangelização permanente. A Campanha tem um rosto, uma identidade e espiritualidade de Schoenstatt que deve ser seguida e respeitada, pois ela me leva a ter um olhar para Deus como um Deus providente. E todos que entram em contato com a Mãe Peregrina sentem no coração o desejo de Selar a Aliança de Amor, assim como selou o Pai e Fundador Pe. José Kentenich e os seminaristas em 18 de outubro de 1914”.

O encontro encerrou com a Santa Missa presidida pelo Assessor da Campanha da Mãe Peregrina na Diocese da Campanha, Pe. Elias Tadeu de Souza, com a presença do pároco Pe. Thiago de São José Guimarães. Em sua homília, o sacerdote destacou “A humildade e gratidão é uma virtude que devemos ter para abrir o coração”.

“Devemos fazer aquilo que agrada o coração misericordioso de Deus e por isso precisamos manter a harmonia e unir as nossas forças para de fato sermos uma Igreja em saída”, finalizou Pe. Elias.

Escrito por Adilson, Maria do Carmo e Rosilene.

 

Author picture

Compartilhar:

Categorias:

Diocese

Formações

Leia Também

Nos dias 12 a 14 de julho, aconteceu em Aparecida/SP, no Centro de Eventos Padre Vítor Coelho de Almeida, o 8º
Inúmeras vezes o magistério da Igreja reitera a importância da oração na família e recorda como os primeiros ensinamentos