Diocese
da Campanha

/
/
2º ENCONTRO DE ACÓLITOS ACONTECE NA FORANIA NOSSA SENHORA DOS CAMPOS

2º ENCONTRO DE ACÓLITOS ACONTECE NA FORANIA NOSSA SENHORA DOS CAMPOS

capaAconteceu no último domingo dia 1º de março, na paróquia Santa Rita de Cássia na cidade de Três Corações/MG, o 2° Encontro de Acólitos de nível forâneo. Presentes 62 acólitos das seguintes paróquias que compõem a Forania Nossa Senhora dos Campos: Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora das Graças, Sagrada Família, Sagrado Coração de Jesus e Santa Rita de Cássia — Três Corações; Paróquia Nossa Senhora do Carmo — Carmo da Cachoeira e São Sebastião — Cambuquira. Ausentes as paróquias Santa Tereza, de Três Corações, São Bento de São Bento Abade e São Tomé, de São Thomé das Letras. Estavam presentes também os seminaristas, Daniel, Danilo e Sandro.

O tema abordado foi “A espiritualidade no serviço do altar”, muito pertinente, pois destaca a importância dos jovens no serviço da Igreja e do próximo. Enquanto acólitos temos a responsabilidade de ser exemplo para outros jovens, pois o jovem escuta outro jovem.

Vivemos em uma sociedade onde passamos por diversas tentações na qual os jovens deixam-se ser levados por outros caminhos, acabam sendo engados e convencidos por algo que não é verdadeiro, que nada tem para oferecer, por isso devemos ocupar nosso tempo com aquilo que nos preenche.

Acreditamos que somos acólitos por amor, devemos fazer com que esse amor cada vez mais contagie outras pessoas. Há acólitos de diversas idades. É bom estarmos juntos e partilhar as experiências vividas por nós mais velhos que temos os nossos oito, nove, dez ou quinze anos de ministério com aqueles que têm um ano, ou meses. Temos o dever de incentivá-los a serem perseverantes; é nossa função fazer com que cada um deles se encante mais pelo que faz. Ser acólito não é somente estar no presbitério para cumprir escala, mas sim por amor, carinho e zelo.

Assim como está no Evangelho de São João 2, 17 “o zelo por tua casa me consumirá” de fato é a mais pura verdade, devemos ser os primeiros a cuidar e a zelar pela casa do Senhor, conhecer e ter argumentos para defender a nossa fé. Nós jovens somos o presente da humanidade, por isso devemos ser atuantes na Igreja, pois onde tem jovem, tem barulho, vida, cuidado, carinho, principalmente amor, e assim fazer com que tudo isso permaneça vivo até as gerações futuras.

Rayan José da Silva

Coordenador dos Acólitos da Forania Nossa Senhora dos Campos

 

Author picture

Compartilhar:

Categorias:

Diocese

Formações

Leia Também

Aconteceu em Belo Horizonte – MG, de 15 a 19 de julho, mais uma edição do Encontro Nacional de