Diocese
da Campanha

/
/
/
Encontro de Formação Permanente do Clero Campanhense

Encontro de Formação Permanente do Clero Campanhense

capaEntre os dias 25 a 28 de setembro, os padres da Diocese da Campanha/MG, juntamente com o seu Bispo Diocesano, Dom Pedro Cunha Cruz, estiveram reunidos em Passa Quatro/MG, para o Encontro anual de Formação Permanente organizado pela Pastoral Presbiteral.

Como sabemos, a formação faz parte da vida do presbítero, assim explicita o Decreto Conciliar Presbyterorum Ordinis, sobre o Ministério e a Vida dos Presbíteros: Uma vez, porém, que em nossos tempos a cultura humana e também as ciências sagradas progridem num ritmo acelerado, os Presbíteros são chamados a aperfeiçoar, de maneira adequada e ininterrupta, seus conhecimentos divinos e humanos e a preparar-se assim para iniciarem com mais vantagem o diálogo com os homens de hoje (PO 19).

Desse modo, na terça-feira (26), os padres puderam ter contato com as mudanças textuais, bem como com as novidades, teologia e história da Terceira Edição Típica do Missal Romano que será usada em todas as comunidades da Igreja do Brasil a partir do 1° Domingo do Advento, por meio da explanação feita com maestria pelo Pe. Guilherme da Costa Vilela Gouvêa, mestre em Liturgia.

Ao longo da explicação, Pe. Guilherme enfatizou que o Missal não contém apenas o rito, mas a teologia e o espírito da celebração da Eucaristia, expressando, portanto, a fé da Igreja. Por isso, cabe aos presbíteros seguir com fidelidade e amor os ajustes e adaptações feitas nesta nova edição, para que a celebração atenda mais plenamente às normas e ao espírito da Liturgia e aumente a sua eficácia pastoral.

Na quarta-feira (27), A Saúde integral do Presbítero foi o tema norteador da reflexão feita pelo padre e psicólogo Luiz Fernando Pereira scj, que apresentou aos padres a necessidade de uma integralidade em todas as dimensões da estrutura humana, bem como a necessidade de um autoconhecimento.

Citando a Ratio Fundamentalis Institutionis Sacerdotalis, afirmou o padre conferencista que: a formação humana, fundamento de toda a formação sacerdotal, promovendo o crescimento integral da pessoa, permite forjar a partir de tal crescimento a totalidade das dimensões; e baseando-se no artigo de Paulo Sérgio Carrara, também explicou que: a saúde psíquica não decorre, no entanto, de um toque de varinha mágica, como são as orações supersticiosas, mas engaja a liberdade e a responsabilidade da pessoa, que decide, à luz de uma espiritualidade, redirecionar sua vida.

Por fim, na manhã de quinta-feira (28), Dom Pedro realizou uma Análise da conjuntura eclesial, ajudando-nos a refletir sobre a caminhada da Igreja no hoje da história, elencou alguns desafios e como devemos agir frente a eles. Aqui, podemos recordar do que a Constituição Pastoral Gaudium Et Spes traz no seu proêmio: as alegrias e as esperanças, as tristezas e as angústias dos homens de hoje, sobretudo dos pobres e de todos os que sofrem, são também as alegrias e as esperanças, as tristezas e as angústias dos discípulos de Cristo (GS 1).

Por tudo, damos graças a Deus! Mas, de forma especial pelo dom da Vocação Presbiteral, pela vida e missão de todos os padres de nossa mais que centenária Diocese da Campanha, bem como pela vida, missão e pastoreio de nosso Bispo Diocesano. Que sempre nos deixemos ser formados pelo Espírito que conduz e transforma todas as coisas e pessoas.

Pe. João Paulo G. de Carvalho – assessor da Pascom Diocesana e vigário da Paróquia de Sant’Ana (Varginha/MG)


Author picture

Compartilhar:

Categorias:

Diocese

Formações

Leia Também

Nos dias 12 a 14 de julho, aconteceu em Aparecida/SP, no Centro de Eventos Padre Vítor Coelho de Almeida, o 8º
Inúmeras vezes o magistério da Igreja reitera a importância da oração na família e recorda como os primeiros ensinamentos