Diocese
da Campanha

/
/
/
Dia de Oração pela Santificação do Clero

Dia de Oração pela Santificação do Clero

O mês de junho é dedicado ao Coração de Jesus e neste dia 07 celebramos a sua Solenidade. Essa é uma data móvel em que sempre é celebrada na segunda sexta feira após a Solenidade de Corpus Christi. Neste dia, desde 1995, o Papa São João Paulo II instituiu o Dia Mundial de Oração pela Santificação do Clero. É um dia dedicado à oração, a fim de que os ministros do Senhor possam ter suas forças revigoradas para a vivência da missão com um coração manso e humilde como o de Jesus, bem como um dia especial no qual o povo de Deus é chamado a rezar pelos seus padres.

Desse modo, nesta manhã da Solenidade do Coração de Jesus, os padres e diáconos de nossa Diocese da Campanha juntamente com Dom Pedro Cunha Cruz, reuniram-se na Paróquia de São Sebastião de Cambuquira/MG, para realizaram a Hora Santa pela Santificação do Clero. Um momento de oração, reflexão e confraternização.

Na vivência do Ano da Oração, instituído pelo Papa Francisco em vista do Ano Santo Jubilar de 2025 que tem como tema: “Spes non confundit – a esperança não decepciona”, o clero campanhense pode rezar e refletir por meio das meditações propostas o valor, bem como a necessidade da oração para a vida cristã e para o ministério sacerdotal, pois como afirma o Papa: A oração é o respiro da fé, é a sua expressão mais adequada. Como um grito que sai do coração de quem crê e se confia a Deus (catequese 06/05/2020).

Dentre as cinco meditações refletidas, uma foi do Servo de Deus Dom Othon Motta, nosso terceiro bispo diocesano que está em processo de beatificação, acerca da vida interior do sacerdote. Assim afirma o Servo de Deus: Com o íntimo repleto de Jesus, as ações exteriores serão manifestações desta vida divina que nosso Senhor veio derramar sobre as almas. A vida interior não só é a vida cristã aperfeiçoada, mas também é o desenvolvimento da graça na alma. Ora, neste esforço de desenvolvê-la no seu íntimo, o padre desprende-se das criaturas e se volta para o Criador. (…) Por fim, a vida de oração dá ao sacerdote modéstia e recolhimento admiráveis. Recolhimento que transborda nas atitudes, no olhar, nos gestos e no porte. Foi isso que impressionou aquele homem que depois de ter conversado com o santo Cura d’Ars, saiu dizendo: ‘Nunca vi Deus tão perto de mim’ (Servo de Deus Dom Othon Motta, Hora Santa com Clero).

Ao final da Hora Santa, antes da bênção solene com o Santíssimo Sacramento, nosso Bispo Diocesano ressaltou a importância deste Dia de Oração pela Santificação do Clero e lembrou-nos das quatro proximidades que o presbítero precisa ter, para que possa exercer com amor, dedicação e alegria o seu ministério: a proximidade com Deus (vida de oração); proximidade com o bispo; proximidade com os irmãos presbíteros e proximidade com o povo.

Por fim, rezemos no dia de hoje pelo nosso Bispo Dom Pedro e por todo clero, particularmente, pelos padres doentes, para que sejamos sacerdotes mansos e humildes, serenos e fortes segundo o Coração de Jesus. Até porque, rezar pelo padre da sua comunidade, da sua paróquia, é sinal de Amor para um todo, afinal “se não tivéssemos o sacramento da Ordem, não teríamos Nosso Senhor. Quem o colocou no tabernáculo? O padre. Quem foi que recebeu nossa alma à entrada da vida? O padre. Quem a alimenta para lhe dar força de fazer sua peregrinação? O padre!” (São João Maria Vianney).

 Sagrado Coração de Jesus, nós temos confiança em Vós!

Pe. João Paulo Gonçalves de Carvalho – Assessor Diocesano da Pascom e Diretor da Rádio Diocesana FM 100,3

 

 

 

Diocese da Campanha

Diocese da Campanha

Compartilhar:

Categorias:

Diocese

Formações

Leia Também

Rede Século 21 chega à cidade de Campanha – MG Sintonize o canal 50.1 em sua TV e assista