Diocese
da Campanha

/
/
COMUNIDADE BEATO PE. VICTOR EM VARGINHA CELEBRA NOVENA PELA SUA CANONIZAÇÃO

COMUNIDADE BEATO PE. VICTOR EM VARGINHA CELEBRA NOVENA PELA SUA CANONIZAÇÃO

capaA Comunidade Beato Padre Victor, pertencente à Paróquia de Sant’Ana da cidade de Varginha-MG, viveu, dos dias 14 a 23 de setembro de 2019, dias de muita alegria e bênçãos celebrando a Novena pela Canonização do seu Padroeiro, o Beato Padre Victor. O tema da Novena deste ano foi “Batizados e Enviados a Igreja de Cristo em Missão no Mundo”, já em preparação para o Mês Extraordinário Missionário 2019 que celebraremos em outubro próximo, “onde a Igreja pretende renovar a consciência de um discipulado pautado no verdadeiro encontro com Cristo, encorajando todos os batizados ao anúncio do Evangelho da alegria”, afirmou D. Pedro Cunha Cruz, Bispo Diocesano da Campanha, em sua carta de apresentação da Novena pela Canonização do Beato Padre Victor deste ano.

Esta reflexão foi proposta pela Comissão de Organização da Novena da Associação Padre Victor da Cidade de Três Pontas, que todos os anos prontamente nos enviam os materiais para juntos realizarmos em comunhão com toda a nossa comunidade Diocesana a Novena pela Canonização do Beato Padre Victor, e no nosso caso ainda mais que especial, pois nossa Comunidade está chegando quase ao término de nosso sonho realizado, que é a construção de uma bela Igreja dedicada ao Beato Padre Victor em nossa comunidade, e ainda teremos a honra de sermos a primeira igreja dedicada ao Beato Padre Victor no Brasil.

A novena foi muito participada, praticamente todos os nove dias e no dia 23 a participação foi mais que surpreendente. Cada dia estiveram presentes ministérios de música de várias comunidades e paróquias de Varginha abrilhantando nossas celebrações. Padre Rafael dos Reis Soares, nosso Administrador Paroquial, não deixou de conter a emoção em dizer que o sonho de nossa comunidade por fim passou a ser também o seu sonho em ver essa bela obra praticamente quase que finalizada. Dom Diamantino Prata de Carvalho, nosso Bispo Emérito, também com muita alegria esteve presente no segundo dia da novena e lembrou que há sete anos atrás em apenas uma tenda improvisada e embaixo de chuva, quando o mesmo disse que a chuva também era sinal de bênçãos, ele abençoou a Pedra Fundamental dessa construção e hoje, após esse período, retornava para ver este belo santuário construído pela comunidade. E por fim, não pudemos deixar de ressaltar também a alegria de nosso querido Vigário Forâneo, Pe. Mário da Silva Quirino Rabelo, designado pelo Sr. Bispo Diocesano para presidir a celebração conosco no dia do Beato Padre Victor, que ao nos trazer a relíquia do Beato, ficou muito feliz, destacou que já tinha ouvido no rádio que em Varginha tinha uma igreja dedicada ao Beato Padre Victor e ele pode perceber, como um Bom Pastor que conhece as suas ovelhas, como a igreja estava repleta da participação de pessoas de toda a nossa Forania.

Tudo isso foi possível graças a toda a comunidade e toda a nossa Paróquia que se empenhou e está se empenhando cada vez mais nesta obra. Não podemos também deixar de lembrar ainda, do nosso querido e saudoso Padre Edvar Rangel, que tinha o sonho de ver essa obra terminada, mas hoje com certeza está ao lado do Beato Padre Victor, junto de Deus intercedendo por todos nós. E também aos nossos Padres antecessores, Padre Walter José Brito Pinto, que iniciou nossa comunidade, Padre Alexandre Solaira, que deu o início a esta construção e por último, mas não menos importante, ao nosso querido Padre Rafael dos Reis Soares, que não está medindo esforços para ver nosso sonho e seu sonho também realizado. Viva nossa Paróquia de Sant’Ana! Viva nossa comunidade do Beato Padre Victor! Viva Nossa Cidade de Varginha!

José Vitor do Nascimento – Comunidade Beato Padre Victor, Paróquia de Sant’Ana – Varginha

Author picture

Compartilhar:

Categorias:

Diocese

Formações

Leia Também

https://www.facebook.com/share/p/HjPuaeUp3LorxymX/  
Inúmeras vezes o magistério da Igreja reitera a importância da oração na família e recorda como os primeiros ensinamentos