Diocese
da Campanha

/
/
Natal: o Filho de Deus veio até nós

Natal: o Filho de Deus veio até nós

brasao-dom-pedro

Iniciamos o Ano Litúrgico da Igreja com o tempo do Advento; este é um tempo de alegria, pois ele nos abre a porta para o Natal do Senhor e nos lança na esperança do mundo que há de vir. Longe de ser uma repetição de algo que já festejamos, o Mistério de Cristo celebrado torna o passado presente e continua a agir na história encaminhando-nos para seu futuro. Por isso, o Advento é um tempo muito significativo e nos enche de uma esperança que rege toda nossa vida.

O Advento serve para mostrar ao mundo que os cristãos sabem dar conteúdo à esperança que os anima, na expectativa do retorno do Senhor. “Revestido da nossa fragilidade, Ele veio a primeira vez para realizar seu eterno plano de amor e abrir-nos o caminho da salvação. Revestido de sua glória, Ele virá uma segunda vez para conceder-nos em plenitude os bens prometidos e que hoje vigilantes esperamos” (Prefácio do Advento I). Assim como o povo de Israel preparou a primeira vinda do Messias, também nós, através deste tempo liturgicamente forte do Advento, preparamos a segunda vinda.

A novena de Natal que fazemos na igreja e nas casas neste tempo do Advento, além de nos preparar espiritualmente para celebrarmos este grande Mistério da Encarnação do Verbo de Deus, nos recorda que a Igreja tem a missão no mundo de anunciar a beleza desta luz que ilumina cada um de nós pelo seu amor, pois o Verbo se fez carne para que, assim, conhecêssemos o amor de Deus: “nisto manifestou-se o amor de Deus por nós; Deus enviou seu Filho ao mundo para que vivamos por Ele” (1, Jo 4,9). O Verbo se fez carne para ser nosso modelo de santidade e reconciliar-nos com Deus. Deste modo, somos chamados a participar de sua natureza divina. Na Encarnação o Filho de Deus assume a nossa natureza humana para nela realizar a nossa salvação. Deus veio morar entre nós. Jesus é o verdadeiro Deus em nosso meio (Deus-conosco).

Neste Ano Mariano nosso olhar se volta mais intensamente para a Mãe do Amor, para ver nela os traços de uma autêntica maternidade e da ternura de Deus. Ninguém como Maria conheceu a profundidade deste Mistério de Deus feito homem. Toda sua vida foi plasmada pela grandeza deste Mistério. Que a Virgem da ternura e do autêntico amor nos ajude e encontrar Deus nas feições de uma criança.

Celebrar o Natal é experimentar e reviver o caminho que une Deus e o homem. Na fragilidade da criança, Deus vem a nós para que possamos subir a Ele, pois quer nos tornar divinos. Jesus é verdadeiramente Deus que assume a nossa condição humana. Acolhamo-lo no Natal que celebraremos, contemplando-o pequeno, na gruta de Belém.

 

Feliz e Santo Natal

Com frutuosas bênçãos

Dom Pedro Cunha Cruz

Bispo da Diocese da Campanha – MG

Natal: o Filho de Deus veio até nós

Author picture

Compartilhar:

Categorias:

Diocese

Formações

Leia Também

Nós, das Equipes de Nossa Senhora do Setor B de Três Corações/MG, participamos entre os dias 15 a 20